Definidas escolas mirins vencedoras dos Troféus Olhômetro e Estandarte do Samba Mirim

A Associação das Escolas de Samba Mirins do Rio de Janeiro, através de sua Direção de Carnaval e Coordenação de Avaliação definiram as agremiações vencedoras com os Troféus Olhôemtro e Estandarte do Samba Mirim – Carnaval 2017. Ambas as premiações são consideradas oficiais por serem concedidas pela entidade responsável por representar as escolas mirins e administrar as atividades das agremiações quando o assunto é carnaval, em especial, os desfiles realizados no Sambódromo do Rio, nos dias de Terça-feira de Carnaval, encerrando as atividades na Passarela do Samba.

Troféu Estandarte do Samba Mirim

O Troféu Estandarte do Samba Mirim premia desde 2010 as agremiações durante desfile por um colegiado formado por profissionais de diversas áreas com ligação com o carnaval. Em 2017 devido ao nível técnico constatado entre a equipe de avaliadores e diretoria de avaliação da AESM-Rio, em alguns quesitos duas escolas foram agraciadas. Confira as agremiações agraciadas com o Troféu Estandarte do Samba Mirim – Carnaval 2017:

Ala de Baianas – Corações Unidos do Ciep

Ala de Passistas – Filhos da Águia

Alegorias e Adereços – Mangueira do Amanhã e Miúda da Cabuçu

Bateria – Pimpolhos da Grande Rio

Comissão de Frente – Infantes do Lins e Pimpolhos da Grande Rio

Conjunto – Pimpolhos da Grande Rio

Comunicação com o Público – Império do Futuro

Enredo – Corações Unidos do Ciep “Arteiros, artífices e artistas. É na arte que o homem se ultrapassa”

Evolução – Pimpolhos da Grande Rio

Fantasias – Aprendizes do Salgueiro

Harmonia – Mangueira do Amanhã e Herdeiros da Vila

Intérprete – Nova Geração do Estácio de Sá (Thatiane Carvalho)

Rainha de Bateria – Estrelinha da Mocidade (Maria Clara) e Petizes da Penha (Daniela)

Samba Enredo – Golfinhos do Rio de Janeiro “Teteu José Deus da Grécia, menino do Rio e Rei da Mareé” e Inocentes da Caprichosos “Sou Curumim, sou Inocentes sou da Tribo de Japoromirim”

Mestre-Sala e Porta-Bandeira – Tijuquinha do Borel (Maycon e Larissa)

Troféu Olhômetro

Criado em 2003 pelo então presidente da AESM-Rio, Sérgio Murilo, oTroféu Olhômetro é indicado por dirigentes da entidade, com o objetivo de premiar os sambistas e segmentos das escolas mirins que se destacam durante os desfiles. Veja:

Aprendizes do Salgueiro – Ala de Baianas

Estrelinha da Mocidade – Ala de Passistas

Pimpolhos da Grande Rio – Alegorias e Adereços

Império do Futuro – Bateria

Nova Geração do Estácio de Sá – Comissão de Frente

Mangueira do Amanhã – Conjunto

Infantes do Lins – Evolução

Tijuquinha do Borel – Fantasias

Herdeiros da Vila – Harmonia

Corações Unidos do Ciep – Intérprete (Pablo Marques)

Rainha de Bateria – Petizes da Penha (Daniela)

Filhos da Águia – Samba Enredo “Mulheres notáveis do Reino da Águia”

Ainda Existem Crianças de Vila Kennedy – Comunicação com o Público

Miúda da Cabuçu – Mestre-Sala e Porta-Bandeira (Cauã e Anna Clara)

Golfinhos do Rio de Janeiro – Enredo “Teteu José Deus da Grécia, menino do Rio e Rei da Mareé”

Inocentes da Caprichosos – Rainha de Bateria (Marie Endreon)