Império Serrano apresentou reforços para o Carnaval 2010 na Feijoada Imperial

By at maio 19, 2009 | 01:26 | Print

Compartilhe

Foi um sábado daqueles que ficarão pra sempre na memória da fiel nação imperiana. Afinal de contas, na Feijoada Imperial de ontem, a diretoria do Império Serrano
anunciou o retorno de grandes nomes do Carnaval à escola: a porta-bandeira Danielle
Nascimento, que ergueu o pavilhão em 2008 – contribuindo assim para que a agremiação
voltasse ao Grupo Especial em 2009 –, e a carnavalesca Rosa Magalhães, recebida
calorosamente, 27 anos após o inesquecível Bum Bum Paticumbum Prugurundum”. E não
parou por aqui, não! Na ocasião, foi oficialmente apresentado também o novo
intérprete, o cantor Anderson Paz (ex-Rocinha): “Segura aí!”.

No ano em que reclama de um polêmico rebaixamento, a diretoria do Império Serrano
traz de volta uma das artistas responsáveis pelo desfile em que abriu os olhos do
mundo para o fenômeno das “super escolas de samba S.A.”. O anúncio de Rosa
Magalhães, Mauro Leite e Andréa Vieira como os carnavalescos que executarão o
projeto da verde-e-branca para o Carnaval 2010 encheu o peito dos imperianos de
motivação. A grande campeã da Era Sambódromo comentou o porquê de aceitar o convite.

_ Aceitei o convite da Rachel (Valença, vice-presidente de Carnaval) porque ela
concordou com o fato de Andréa e Mauro ficarem à frente do projeto. Tenho
compromisso com outra escola e, extra-Carnaval, muito trabalho também. Além disso,
foi no Império que ganhei meu primeiro Carnaval. Então, há ainda um lado sentimental
envolvido nesta decisão _ declarou Rosa.

Segundo ela, a identidade da escola, às vezes criticada por mostrar um desfile em
que valoriza demais o tradicional, não deve ser questionada. Esta marca registrada
do Império Serrano, ainda de acordo com Rosa, é o que a faz diferente das outras
agremiações. Mauro Leite e Andréa Vieira, que junto a ela assinarão um Carnaval a
três mãos, concordam com o pensamento da professora.

O Império tem características muito próprias e nós temos que levá-las pra Avenida,
porque é justamente essa autenticidade o que a escola tem de melhor. É desse jeito
que tem que ser, pois é assim que o imperiano gosta de ver sua paixão desfilando na
Sapucaí _ declarou Andréa, que trabalha há 10 anos com Rosa Magalhães. _ Quando ela
precisa de esculturas para projetos fora do Carnaval, sempre me procura. Um bom
exemplo disso é o Pan. Foram 2 anos de imensa dedicação… Mas não fico fora de um
barracão, não. Há 12 anos venho trabalhando no Carnaval da Viradouro. Com a
oportunidade que o Império agora me dá, vivo um grande momento, pois fiz a faculdade
de Belas Artes desejando mesmo ser carnavalesca _ revelou.

Já as ideias de Rosa em termos de figurino chegarão ao papel através do lápis de
Mauro Leite. Ao lado da carnavalesca há mais de 20 anos, ele destaca a afinidade do
trio.

Ela sempre nos dá liberdade para trabalhar porque temos total confiança uns nos
outros. Nossa comunicação é fácil e as consultas acontecem o tempo todo. É a
primeira vez que venho à quadra do Império e devo dizer que me sinto muito bem. A
verdade é que sou mais mesmo de barracão, não tenho o costume de frequentar as
quadras, mas a energia daqui é excelente _ disse ele.

De cima do palco, ao lado da diretoria, os três carnavalescos, com o auxílio luxuoso
de Jorginho do Império, relembraram junto ao público presente o hino do glorioso
Carnaval de 1982. E assim, os imperianos que choraram o descenso e mês passado
lamentaram o roubo do cofre com a verba arrecadada na última feijoada, começaram a
mandar toda a tristeza embora. A esperança, enfim, tornava a inflar o coração
verde-e-branco, que bateria bastante acelerado ainda naquele dia.

Com o peito aberto e cheio de humildade, o intérprete Anderson Paz foi então
apresentado como a nova voz oficial do Império Serrano. Para tão importante momento,
preparou versos com os quais mostrou, no gogó, seu tamanho carinho pela escola e
comunidade da Serrinha. Por isso também, escolheu para cantar primeiro o
samba-enredo de 2006: “…Imperiano de Fé, não cansa/ Confia na lança/ Do Santo
Guerreiro/ E faz a festa porque Deus é brasileiro…”.

Enquanto isso, voltando sua atenção para a imagem de São Jorge, o casal Danielle
Nascimento e Charles Eucy agradecia a oportunidade de mais uma vez honrar o pavilhão
da coroa imperial. A dupla fez emocionante exibição após receber as bênçãos de
Sérgio Jamelão e Alice dos Santos, mestre-sala e porta-bandeira que tanto honraram a
história da escola de Seu Molequinho, Tia Eulália, Mano Décio, Silas de Oliveira…

Notícias

Related Posts

Poste seus comentários.