Riotur divulga blocos de rua com permissão para desfilar em 2010

By at outubro 31, 2009 | 20:32 | Print

Compartilhe

Com o novo modelo de organização adotado esse ano, definido pelo decreto 30.659, de maio deste ano, válido para 2010, a Riotur conseguiu finalmente mapear o carnaval de rua da cidade. A partir do ano que vem, a Prefeitura poderá se fazer presente durante esses eventos e, consequentemente, ocasionar menos complicações nos arredores durante os desfiles.

Foram aprovados os pedidos de desfiles de 461 blocos carnavalescos: 39 na Zona Oeste, 54 na Barra, 55 na Tijuca, 83 na Zona Norte, 96 no Centro e 172 na Zona Sul, totalizando 499 desfiles, pois alguns blocos saem mais de uma vez. No carnaval passado, a Riotur tomou conhecimento a 269 desfiles, embora o total de blocos pela cidade tenha sido praticamente o mesmo que foi solicitado agora.

O secretário especial de Turismo e presidente da Riotur, Antonio Pedro Figueira de Mello, acredita que a grande adesão dos blocos se deve à ótima aceitação, por parte da população e dos organizadores de blocos, do projeto de ordenamento do carnaval de rua:

– Não houve um aumento do número de blocos: a maioria das agremiações que nos procurou esse ano já desfilava antes, só que sem o conhecimento da Prefeitura. Agora temos conhecimento da data, do itinerário e dos horários de concentração e dispersão de cada bloco, e com isso, podemos colocar em ação o “Bloco da Prefeitura” – Comlurb, Guarda Municipal, CET-Rio e Saúde. Vamos tornar o carnaval de rua melhor não só para os que participam da festa, mas também para quem vive ou trabalha em seu entorno – diz o secretário.

Em algumas regiões da cidade a adesão ao novo regulamento foi bastante expressiva. Na Zona Norte, o número de blocos que informava a realização dos seus desfiles à Prefeitura saltou de 18 para 83, representando um aumento de 361%. A Barra da Tijuca apresentou 54 agremiações, contra 21 do carnaval passado, com um crescimento de 157%. Na Zona Oeste esse número foi de 143, 75%, passando de 16 para 39 blocos.

Em muitos casos, os organizadores atenderam à solicitação da Riotur e alteraram trajetos e horários, ajudando a criar um calendário que impactasse menos o trânsito ou evitasse a sobreposição de percursos. A Riotur ainda analisa o desfile de 18 agremiações que ainda precisam resolver pendências de documentação. Os organizadores dos blocos devem comparecer à Riotur a partir do dia 23 de novembro para retirarem a documentação de autorização.

Notícias

Related Posts

Poste seus comentários.