Déo Pessoa assume a presidência da Acadêmicos da Rocinha

By at março 10, 2010 | 19:57 | Print

Compartilhe

Déo Pessoa no desfile 2010 da Acadêmicos da Rocinha - foto: Alexandre Vidal/Foto BR

Nascido e criado na comunidade da Rocinha, Déo Pessoa assume a presidência do G.R.E.S. Acadêmicos da Rocinha, após o afastamento do então presidente executivo Maurício de Araújo Mattos. A nova direção presidida pelo fotógrafo terá como desafios: manter o padrão dos desfiles realizados durante a gestão anterior, reforçar o corpo social da agremiação, criação de uma escola mirim, além de ampliar as ações do Núcleo de Responsabilidade Social da escola, o Qualificar, com o surgimento de novos projetos sócio-culturais. Déo adianta que a escola já negocia a contratação do novo carnavalesco e que haverá algumas mudanças na estrutura do carnaval com a criação de uma comissão para assuntos referentes a este setor.

 

“Acredito que a criação de uma comissão nos ajudará a tomar as melhores decisões com relação ao carnaval. Após essa criação é que definiremos os rumos a seguir, quem fica e quem sai. Acredito também que as crianças são o futuro da Acadêmicos da Rocinha. Cresci dentro dos blocos que originaram a escola e foi a partir daí que surgiu o meu amor pelo samba e pela nossa agremiação”, apostou Déo Pessoa, filho de pais nordestinos que foram morar na Rocinha na década de 60. Ele se interessou pelo samba quando ainda era criança e admirava os desfiles dos blocos que faziam o carnaval na comunidade, em especial a Unidos da Rocinha. Déo faz parte da verde, azul e branca desde a sua fundação, tendo ocupado os cargos de diretor de harmonia, cultural, social e administrativo.

“Superação será a palavra chave neste momento. O desafio de suceder o Maurício na presidência será enorme, mas com o apoio de todos continuaremos com o projeto de crescimento da Acadêmicos da Rocinha. Vamos continuar com a mesma coragem, cuidado, humildade e ousadia. Além da consciência de que trabalho e conquista são processos gradativos e contínuos. Não são apenas sonhos, mas sim uma realidade”, disse Pessoa, de 37 anos.

“Creio em um futuro grandioso para a Acadêmicos da Rocinha. A nossa agremiação é maior do que a nossa vaidade, o nosso amor é maior do que o orgulho, a nossa alegria é maior do que as lágrimas, enfim a escola amadureceu e tem tudo para dar certo”, completou.

Déo sempre esteve envolvido com as questões sociais da comunidade, onde já foi administrador regional (e com aptidão política herdada de seu pai Antônio de Oliveira, que foi liderança local nas décadas de 70, 80 e 90), Déo valoriza as origens dos componentes da Acadêmicos da Rocinha e busca fortalecer o enlace entre todas as culturas locais para que a agremiação possa crescer cada vez mais.

“O desenvolvimento de uma escola de samba, no cenário atual, não se mede pela quantidade das coisas que ela produz e sim pela qualidade da atenção que ela dá a sua comunidade e aos seus componentes”, acredita Déo Pessoa.

Pessoa ocupa desde 2008 o cargo de Coordenador Geral do Qualificar, Núcleo de Responsabilidade Social da Acadêmicos da Rocinha, que tem como objetivo criar oportunidades de inclusão social para adolescentes, jovens e adultos da comunidade da Rocinha, Vidigal, Vila Canoa, Parque da Cidade e arredores que vivem em situação de vulnerabilidade pessoal e risco social. Possibilitando a melhoraria da qualidade de vida dos seus alunos, assim como a participação cidadã na vida social e econômica do país.

No dia 15 de abril, haverá uma reunião do conselho para aprovação da prestação de contas e oficialização legítima da transferência da gestão para os próximos dois anos da Acadêmicos da Rocinha

Notícias ,

Related Posts

Poste seus comentários.