PORTELA FAZ 88 ANOS NA PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA COM GRANDE FESTA NA QUADRA

By at abril 9, 2011 | 21:45 | Print

Compartilhe

Na próxima segunda-feira (11), a Portela comemora oitenta e oito anos de fundação. A partir das 18h, a quadra estará aberta ao público que deseja participar das festividades da escola. A programação inclui, uma missa em Ação de Graças, às 19h ,um parabéns pra você com um enorme bolo e logo em seguida acontecerá, uma apresentação com todos os segmentos da escola para celebrar mais de oito décadas de glorias e histórias.

Com 21 títulos, a azul branco de Oswaldo Cruz e Madureira é a única escola de samba do Rio de Janeiro que conquistou sete títulos consecutivos do carnaval carioca.

A Majestade do Samba é Pioneira no Carnaval Carioca e contribuiu com grandes inovações para o crescimento daquele que é chamado de “o Maior Espetáculo da Terra”. Conheça algumas delas:

A Portela foi à campeã do primeiro desfile oficial do carnaval carioca, no ano de 1935. E nesse ano, trouxe para a avenida um rústico globo terrestre idealizado por Antônio Caetano, introduzindo, assim, as alegorias nos desfiles das escolas de samba.

Em 1939 – o samba de Paulo da Portela, “Teste ao Samba”, é considerado o primeiro samba de enredo. Ano em que, uma vez mais, a Portela inovou ao trazer para o desfile fantasias totalmente enquadradas ao enredo.

A Portela foi à escola que introduziu nos desfiles a Comissão de Frente e, foi também a primeira escola a trazer uma comissão de frente uniformizada, por iniciativa de “Candeia Velho”, nome pelo qual ficou conhecido o antigo portelense Antônio Candeia após o sucesso do filho com o mesmo nome.

A Portela foi a primeira escola a usar cordas para organizar os desfiles. Inúmeros portelenses, hoje bastante consagrados, deram seus primeiros passos no mundo do samba segurando essas famosas cordas.

Antônio Caetano e Lino Manuel dos Reis são considerados por muitos estudiosos como precursores dos atuais carnavalescos que, atualmente, realizam maravilhosos espetáculos. Coube a eles introduzir o espelho e outros tantos materiais considerados importantes na feitura das alegorias.

Em 1970, por seu carnavalesco Yarema, introduz o uso de isopor na elaboração das esculturas nas alegorias. Adalberto dos Santos, o homem que desenvolveu as características de nossa bateria, teve a idéia de usar um apito para comandar seus ritmistas após observar um guarda de trânsito no exercício de sua função. Mestre Betinho,
nome pelo qual ficou conhecido e eternizado na história da Portela, também foi o responsável pela utilização da caixa-surda e reco-reco pelas escolas de samba.

A Portela foi à primeira escola de samba a trazer uma mulher na bateria tocando surdo. Dagmar, assim, entra para a história do carnaval carioca. Em 1964, a Portela trouxe para a Avenida, um grupo de violinistas para representar o enredo “O segundo casamento de D. Pedro”.

A Portela, a partir de 1970, passa a realizar seus ensaios, também na sede esportiva do Botafogo Futebol e Regatas, tornando-se a primeira escola a ensaiar e levar o samba para a zona sul da cidade do Rio de Janeiro. Em 1934, à Portela participou do filme “Favela dos meus amores”, de Carmem Santos e Humberto Mauro, tornando-se a primeira escola de samba a atuar em uma produção cinematográfica. Em 1936, novamente a Portela é convidada a atuar no cinema, dessa vez o filme foi “O bobo do Rei”.

Em 1934, viajou para Valença, no interior do Estado do Rio de Janeiro, sendo assim a primeira escola de samba a excurcionar. Em 1937, Paulo da Portela, participou da primeira excursão de sambistas para o exterior, ajudando a difundir nossa música em Montevidéu, Uruguai.

“Lá vem ela chorando”, também conhecida como “Dinheiro não há”, da autoria de Ernani Alvarenga, cantado em desfile pela Portela , foi o primeiro samba a fazer sucesso nas rádios.

Coube, em 1957, a Ala dos Impossíveis, da Portela, o pioneirismo de ser a primeira ala coreografada da história do Carnaval. Vale, ainda, registrar, que em novembro de 2001, a Portela, numa cerimônia em Brasília, foi agraciada pelo então Presidente da República Fernando Henrique Cardoso, com a “Ordem do Mérito Cultural”, em reconhecimento aos serviços prestados, ao longo dos anos, em defesa da cultura nacional.

Em novembro de 2004, recebeu a visita do Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, em cerimônia bastante comentada e noticiada, por se tratar de fato inédito e ímpar, pois era a primeira vez em que um Presidente da República, em exercício, comparecia a quadra de uma escola de samba, num seminário que dava partida para a discussão, análise e elaboração, em novos seminários, de projetos sociais para os bairros de Oswaldo Cruz e Madureira, e áreas adjacentes.


Ainda em 2004, recebeu as visitas do Sr. Presidente da Câmara dos Deputados Deputado João Paulo da Cunha e do Sr. Presidente do Supremo Tribunal Federal Ministro Nelson Jobim, fatos também inéditos na história de uma escola de samba.

Serviço: Aniversário de 88 anos da Portela

Data: 11 de Abril de 2011

Local: Quadra da escola-

Endereço: Rua Clara Nunes, 81, Madureira

Horário: A partir das 18h.

Entrada- Grátis.

Informações: 21-2489-6440

Destaques Notícias

Related Posts

Poste seus comentários.