Jequitibá do Samba, Monarco e Tia Surica prestam tributo a Chico Santana no Bola Preta

By at setembro 8, 2011 | 20:59 | Print

Compartilhe

No próximo dia 10, a partir das 14h, o Bola Preta sediará uma homenagem mais do que justa, ainda que tardia, e com entrada gratuita. Através de uma Roda de Samba conduzida pela rapaziada do Jequitibá do Samba, nomes como Monarco, Tuco Pellegrino (do grupo Tuco e Batalhão de Sambistas), Tia Surica,  Aurea Maria e Neide Santana estrelarão um Tributo ao saudoso Chico Santana, um dos fundadores da velha guarda da Portela.

Autor de obras-primas como “Saco de feijão”, gravado por Beth Carvalho, e “Lenço”, conhecida na voz de Zeca Pagodinho, o compositor Francisco Felisberto Santana, partideiro bom de improviso que ficou conhecido como Chico Santana, completaria 100 ANOS, dia 22, de serviços heroicamente prestados à música popular brasileira, haja vista que o compositor não tinha recursos para transcrever partituras e registrá-las fonograficamente. No entanto, seu nome ficou registrado na história do samba, tamanha a sensibilidade para escrever versos que até hoje ecoam como, por exemplo, o Hino da AZUL-E-BRANCA DE MADUREIRA.

A fim de unir esforços para recuperar vasto repertório, artistas de Minas Gerais, do Rio Grande do Sul e São Paulo deram o pontapé para a celebração da data, e o Rio, cidade natal de Chico, com grande devoção, claro, fará o mesmo. O Jequitibá do Samba promete aquela batucada pesada que agita a Roda de Samba da Ouvidor; o cantor paulista Tuco Pellegrino, por sua vez, garimpará o acervo do sambista, enquanto Monarco puxará letras e melodias na memória; as três pastoras portelenses – sendo uma delas, Neide Santana, filha do homenageado -, por sua vez, engrossarão o coro com a emoção devida ao evento.

A sede do Bola Preta fica na Rua da Relação, nº 3, na Lapa. Mais informações pelo tel. 2240-6328. Censura livre.

Baú do SéP Destaques Samba de Raiz Samba é Paixão , , , ,

Related Posts

Poste seus comentários.