Suzan Gonçalves

Compartilhe

Musas do SéP 2011/2012: Suzan Gonçalves

Ela é Linda e cheia de paixão pelo mundo do samba e o carnaval carioca, “ renovação de energia e um acalento” segundo ela. Estamos falando de Suzan Gonçalves, 25 anos e a atual segunda princesa do carnaval carioca em 2011.

Formada em Licenciatura em Matemática e estudante do último período de Engenharia de Produção, esta linda e simpática mulata; salgueirense desde menina, é a nossa primeira entrevistada nesta temporada 2012.

Data de Aniversário?

20 de março de 1986

Signo?

Peixes

Fale para nós a sua Paixão pelo carnaval carioca?

Quem não ama carnaval? Comigo não seria diferente, ouço samba desde pequena, então, ou odiaria ou amaria. Amo o samba, e aprendi a admirar o Carnaval Carioca pelo empreendedorismo, dinâmica, entretenimento e versatilidade.

Além do Salgueiro ser sua Paixão verdadeira, tem alguma outra escola por qual você guarda algum carinho especial? 

Sou Salgueirense de Coração, pois foi primeira escola que pisei, senti a bateria entrar nas minhas entranhas. Já as outras escolas aprendi a ter carinho por todas, pois samba é samba independente de escola, a diferença que no Salgueiro o coração bate mais forte…

Existe alguma escola de samba além do Salgueiro que você já desfilou?

Viradouro. Só uma né? Que feio! Todavia, sempre fui dos bastidores, agora que estou dando as caras… (risos)

Um desfile inesquecível?

Ano de 1993: Salgueiro – Peguei o Ita no Norte, pois eu já tinha 07 anos e já entendia melhor o que se passava no mundo do carnaval, e justamente ano que o Salgueiro foi campeão.

Um samba para o seu mp3 player? 

Contos de Areia de 1984 – Portela . Eu nem era nascida, mas ao ouvir este samba me arrepio da cabeça aos pés.

Alguém que gosta e admira no Samba? 

Dr. Hiram de Araújo por sua sabedoria e incansável pesquisa sobre o Carnaval, no qual o tornou uma lenda viva.

Conte para nós a experiência de ser princesa do carnaval carioca em 2011?

O girar das bandeiras e nossa reverência, a harmonia da corte real dentro da van, sambar para a arquibancada, os tombos, o carinho das crianças, o “frio na barriga” ao pisar na avenida, os olhares dos admiradores, pular nos blocos de rua …Inexplicável! Cansativo, mas viciante. Fazer parte da realeza do carnaval ou do carnaval em geral realmente é para poucos, apenas os sambistas verdadeiros sabem do que estou falando, e às vezes nem eu acredito que tive a oportunidade de estar lá. Ser a 2ª princesa do Carnaval 2011 foi um presente dos céus!

Pretende se candidatar novamente esse ano?

Meu amigo, tu és sambista! Me fala, dá para ficar longe de casa? As ruas, o Sambódromo, o Terreirão são cômodos da minha casa… Quem não quer o aconchego do lar?

E a sua vida fora do carnaval? Conte para gente?

Normal, nada demais. Procuro meu lugar no Sol como todos.

A princípio nós do SéP ficamos surpresos e maravilhados com a sua formação. Parabéns! Por ser de uma área com uma formação tão técnica, negra, bonita e inteligente, você já enfrentou ou passou por alguma situação embaraçosa ou preconceito? Como você lhe dá com isso?

Grata. Passamos por tantas situações embaraçosas… Não me recordo de nenhuma. Porém, o preconceito já senti na pele, mas prefiro não comentar. Desde pequena, minha avó materna (que Deus a tenha!) me ensinou que eu devia lutar para ser alguém na vida, apenas para ser alguém, e por ser negra, lutar duas vezes para que ninguém me julgasse, me olhasse com outros olhos.

Você é do time das Rainhas e musas do carnaval que está sempre presente no dia-a-dia da comunidade. A equipe do SéP acompanhou seu trabalho em 2011 à frente da corte carioca. Você Acha que é indispensável hoje essa identidade entre os artistas e futuras musas que chegam nas Escolas. Um compromisso com a comunidade e com a Escola? 

Lógico. Afinal, as escolas foram criadas por essa interação entre as pessoas, amantes do samba. A essência não se muda, o que deve mudar na escola é seu aprimoramento em fazer ótimos desfiles, e não alterar a história do samba!

Qual seu time de coração?  É de ir aos estádios?

Botafogo! Ai que vergonha, nem sei os dias dos jogos, principalmente do meu time. Já até paguei um mico por isso. Um dia fui malhar com a blusa do Botafogo, e me encarnaram pois meu time havia perdido de 3X0…

Um lugar do mundo que deseja conhecer? 

Dubai.

Gosta de que tipo de música sem ser sambas de enredo?
MPB, Hip Hop, Funk, Rhythm & Blues, Clássica… Tantas… Eu gosto tanto de música que estudo ouvindo-as.

O que você mais gosta em você? 

Eu gosto tanto de mim! Sei lá, os olhos?

Parabéns por ser essa beleza negra, natural diga-se de passagem. Qual o segredo da sua beleza? 

Eu não tenho segredo para beleza, apenas cuido de mim, tento me manter bem humorada, disposta, realizada…

Um sonho? 

Ver a casa da minha avó pronta! Bonita, cheia de flores…

Uma meta que deseja cumprir em sua vida?

Na verdade, são três metas. Duas eu já cumpri: minha amada engenharia, fazer parte da história do Carnaval Carioca, a terceira… “ É segredo e eu não conto para ninguém!” (risos)

Tem namorado? Se não tiver, que tipo de homem é ideal para você?

Como diria minha amiga Talita Del Castilhos: Oi, tá boa? Essa pergunta é tão difícil, não quer me perguntar a raiz quadrada de 144? (risos)

Já o tipo de homem…Amigo e que tenha respeito por mim! Se o meu homem tiver esses dois itens, já é o suficiente, uma vez que, amigo sabe a hora de dar carinho, de chamar atenção, de apenas estar ao seu lado, e respeito, em um relacionamento são duas pessoas de pensamentos diferentes, de ascensões diferentes, tem que existir respeito.

Um lugar pra relaxar?

Mar.

Um programa sem ser samba? 

Tomar vinho ao som de belas músicas…

Uma paixão para Suzan Gonçalves? 

O samba! Pois ele é minha renovação de energia, meu acalento. Ser sambista não é só sambar, e sim escutar o som da bateria invadir minhas entranhas e me fazer ressurgir, me sentir viva! E com o Samba aprendi que posso agonizar e jamais morrer!